Denise Santos

psicóloga clínica

CRP 06/126855

"Quando a dor de não estar vivendo for maior que o medo da mudança a pessoa muda."

Sigmund Freud

Sobre mim.

Sou Psicóloga e Bacharel pela Universidade de Brasília (UnB) e Especialista em Psicoterapia Psicanalítica pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Trabalho com atendimento clínico de adolescentes, jovens e adultos.

A curiosidade e dilemas do ser humano motivaram-me a investir em toda minha formação na Psicologia e em Psicanálise. Passamos diariamente por situações que nos levam a nos interrogar sobre quem somos, o que queremos, em que lugar de nossa história paramos e para aonde queremos ir. Essa questões são a força motriz do meu trabalho e em como posso auxiliar meus pacientes ao decorrer de todo processo psicoterápico a entender e se posicionar frente a tais indagações.

Serviços.

“ O inferno são os outros”. Sartre
A máxima sartreana define uma das grandes razões que levam as pessoas a entrar num processo de análise. Pai, mãe, amigos, chefes, surgem como grande causa e justificativa para as demandas de sofrimento e nosso trabalho será de escutar tanto a dinâmica dessas relações, quanto como nos posicionamos em relação a elas e de como essa dinâmica pode gerar conflitos de ordem entre eu e o outro e também conflitos do sujeito com ele mesmo.

Sabemos que boa parte da maneira como nos relacionamos com o mundo tem como reflexo à forma como construímos e desenvolvemos nossas relações familiares. Esse primeiro modelo nos dá uma primeira referência no contato com o outro. Ao longo da vida passamos por fases de encontros e desencontros com essa primeira maneira de nos relacionarmos com a vida que pode ser fonte de certa angústia. Em análise iremos revisitar tais construções e veremos como os movimentos de aproximação e distanciamento dentro desse modelo familiar podem interferir na construção de nossa individualidade.

O estilo de vida assumido pelo homem contemporâneo tem em muito acentuado os quadros de ansiedade em seus mais diversos espectros. Pensamento acelerado, o aumento do fluxo e do número de horas trabalhadas, a inserção dos adventos tecnológicos, tem muita das vezes nos elevado ao estatuto de “máquinas” em que não sabemos, nem percebemos a hora de parar. Para além do que o cenário social fomenta desses quadros questões como o “muito pensar e imaginar”, “paralisias nas ações”, “sensação de estar no mesmo lugar” também podem fazer fundo a tais quadros gerando no sujeito uma necessidade de tentar se deslocar por meio da análise para um outra posição menos geradora de ansiedade e mais produtiva a nível psíquico.

Após a primeira graduação e alguns anos de trabalho, muitas das vezes o sujeito percebe a necessidade de reavaliar sua carreira seja para um recomeço dentro da mesma área, ou até mesmo para uma transição de carreira. Tal processo não surge de forma dissociada de questionamentos que não dizem respeito apenas a dimensão profissional deste, mas também a outros aspectos do sujeito como um todo. Trazer a leitura desse todo pode gerar luz ao sujeito inclusive sobre dimensões e aspectos na sua relação com o trabalho e com o que pretende desenvolver neste.

Tornar o conhecimento desenvolvido pela Psicanálise em algo maior e que tenha um alcance para além do atendimento individual é algo de muito rico que desenvolvo por meio das palestras. Não digo de um conhecimento unilateral, mas sim de algo que permita troca e circulação de saber entre o que observo, penso e elaboro no meu dia à dia clínico e o público que ouve, interage e dialoga dentro do tema proposto.

– 2017 – Palestrante do 3° Circuito de Palestras AHNEP (Tema: “As redes sociais na mediação da constituição subjetiva do sujeito contemporâneo”)
– 2018 – Palestrante Jornada CPPC – Tema: “Andar com fé eu vou que a fé não costuma faiá: a religião em análise.”
– 04/2019 – Gerações Distintas: O ontem e o hoje
– 05/2019 – Projeto “Uma janela para minhas emoções” – Grupos de Interação
FADISA (Faculdade de Direito de Santo André)

Gostaria de falar comigo?

Para tirar dúvidas, informações ou marcar consulta.